sexta-feira, 8 de abril de 2011

Medicina Chinesa - Introdução 8


Ventosas

Corresponde a um dos métodos externos acompanhando geralmente os tratamentos de acupunctura e massagem. A técnica consiste na criação de vácuo dentro de um instrumento para gerar sucção.

Na Antiguidade a técnica era aplicada com chifres, depois evoluiu para ventosas com Bambus (económicas, resistentes e têm a propriedade de absorver uma decocção medicinal, razão pela qual são normalmente usadas nas ventosas em decocção. Os bambus são cortados pelo nó (6-9 cm, diâmetro de 3-6 cm e grossura da parede entre 0,5 – 1 cm).

Mais tarde apareceram as ventosas de porcelana que são mais estreitas na base e na boca e mais largas ao centro. A sua característica principal é uma sucção potente. A sua maior desvantagem é que partem com facilidade.

Mais tarde surgiram as de bronze, com características iguais às de porcelana, não se vendo o interior mas não partem.

Hoje em dia usam-se ventosas de Vidro, são mais fáceis de lavar, têm um baixo custo, pode-se ver o interior permitindo controlar a sucção, o sangue extraído e a sua qualidade e ver a cor da pele.