domingo, 29 de novembro de 2015

Gengibre para tratar abcesso da garganta




História registada no Yi Jian Zhi, de Hong Mai, dinastia Song do Sul.

Yang Li zhi, um importante oficial de Guangzhou adorava comer perdizes. Um dia sentiu um desconforto e dor na garganta. Como tinha alguns conhecimentos de Medicina Chinesa tomou ervas de propriedade fresca, mas em vez de melhorar, estava cada vez pior, ao ponto de sangrar. Já não conseguia dormir, comer e estava muito ansioso. Procurou então vários médicos e todos lhe prescreviam ervas para aclarar calor e remover toxina, com larga dosagem e ervas caras. Assumiam portanto que o seu problema se devia ao calor tóxico. No entanto Yang Li zhi estava cada vez pior e recorreu a Yang Jilao, um médico famoso. Este questionou-o em detalhe e disse-lhe que o seu problema era especial, mas muito fácil de tratar. Tinha apenas de comer 500g de gengibre fresco durante uma semana.
Normalmente Yang Li zhi ao comer sentia o gengibre muito picante, mas desta vez sentia-o doce e quanto mais gengibre comia, mais doce lhe parecia.
Foi comendo até às 250g e a dor de garganta começava a desaparecer. Começou também a sentir calor quando comia gengibre. A dor de garganta desapareceu numa semana, quando já tinha comido as 500g.
Yang Li zhi estava intrigado e foi a casa do médico para agradecer e perceber o que se tinha passado. Yang Jilao disse-lhe: “ Tu vives em Guangzhou, tens uma vida social elevada e adoras comer perdiz. Não sabes é que as perdizes gostam muito de comer Banxia (Rhizoma Pinelliae), que é tóxica. Tu comeste muita perdiz e pouco a pouco ficaste envenenado, o que causou o abcesso da garganta. Tens que parar de comer perdiz e remover as toxinas de Banxia, o que é feito com gengibre fresco”.

Yang Li zhi percebeu e nunca mais comeu perdiz.